2020
mar
28
Geral

UCB concede plano especial de pagamento durante pandemia

A Universidade adota modelo das grandes instituições e elabora formas de pagamentos especiais para os estudantes atingidos pela crise econômica

Segundo especialistas, o coronavírus está destruindo a economia global. De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE, ou clube dos países ricos), o mundo vai levar anos para se recuperar do impacto da pandemia. O comércio está fechado em grande parte do mudo, junto a isso, demissões em massa fazem de 2020 um ano de recessão. Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, afirmou que o choque econômico já é maior do que a crise financeira de 2008 ou a de 2001, após os ataques de 11 de setembro daquele ano. Um crescimento global previsto para este ano de 1,5%, disse, já soa otimista demais.

É nítido que estamos vivendo momentos atípicos nas nossas rotinas e o cenário não é diferente com as Instituição de Ensino Superior. Harvard, Oxford e Stanford, as maiores Universidades do mundo, estão fechadas por conta do surto do coronavírus e adotaram o modelo de aula on-line para seus estudantes.

No Distrito Federal, a Universidade Católica de Brasília (UCB) está fechada desde os decretos do Governo do Distrito Federal de 10 de março, respeitando os preceitos legais e seguindo a sua missão no ensino superior por ser católica, filantrópica e comunitária.

Pensando na crise em que vivemos, a Universidade Católica adotou, segundo portaria do Ministério da Educação, o modelo de aulas on-line para seus estudantes. Ela tomou a iniciativa ainda de abrir um canal especial de negociação com os estudantes que, de algum modo, tiveram as suas finanças atingidas pela crise econômica causada pelo coronavírus. Os casos serão analisados individualmente e, se aprovados, será aplicada uma política especial de pagamento. Esta é uma forma aprovada pelo Governo Federal, adotada por grandes empresas do país, e que a Universidade Católica de Brasília também está aderindo para ajudar quem mais precisa neste momento.

“Neste momento de crise apoiaremos nossos alunos, academicamente através de aulas de qualidade por meio da tecnologia, com nossos docentes e coordenadores, além disso, estamos flexibilizando os pagamentos para aqueles que foram afetados financeiramente. Temos certeza que muito em breve superaremos esta pandemia e voltaremos a nos encontrar presencialmente na UCB”, destacou o reitor da UCB, Prof. Dr. Ricardo Pereira Calegari.

Os interessados devem preencher o formulário ou entrar em contato com o ATENDE pelo telefone (61) 3356-9000 ou e-mail atende@ucb.br para saber mais sobre essa política diferenciada de pagamento.

 

Confira as informações com os critérios para concessão do plano de pagamento especial:

Prorrogar 50% do valor da mensalidade com vencimento para o mês de abril de 2020, para novembro de 2020;

Prorrogar 50% do valor da mensalidade com vencimento para o mês de maio de 2020, para dezembro de 2020;

 

Critérios para a Concessão

Grupo 1 – Responsável Financeiro CLT – Preencher o formulário e anexar cópia de rescisão do contrato der trabalho, observado a divulgação dos decretos vigentes.

Grupo 2 – Responsável Financeiro empresário –  Preencher o formulário e anexar cópias do cartão do CNPJ e do decreto que determina a paralisação das atividades.

Grupo 3 – Responsável Financeiro Servidor Público – Não se Aplica.

Grupo 4 – Responsável Financeiro Autônomo – Preencher o formulário e anexar cópias da Declaração de Autônomo e o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

 

A Universidade lembra ainda que neste momento é importante que todos fiquem em casa, continuem participando das aulas pelo ambiente virtual. #DistânciaSalva #VocêsNãoEstãoSozinhos.

 

Publicado por Rodrigo Eneas

Notícias Recentes

27 março 2020
Como uma universidade trabalha em regime de Home Office?
27 março 2020
Alunas da UCB desenvolvem proposta para o Exército Brasileiro
27 março 2020
UCB oferece plano especial para pagamento de mensalidades