2020
mar
05
Notícias

Professor da UCB ajuda na formulação de política pública do DF

Dr. Luiz Síveres, do Programa de Pós-Graduação em Educação, é o desenvolvedor da Pedagogia Alpha – presença, proximidade e partida, que será o suporte teórico e pedagógico do programa Atitude, que será aplicado nas escolas do Distrito Federal

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal lançou no dia 4 de março, em Planaltina/DF, o programa “Atitude: correção de fluxo escolar no DF – possibilidades para continuar avançando”, que trata da questão de estudantes em defasagem idade-ano (aqueles com dois ou mais anos de atraso em relação ao seu fluxo escolar regular), tendo como parâmetro a idade inicial de entrada no Ensino Fundamental, de seis anos, conforme previsto pelas Resoluções do Ministério da Educação.

Segundo informação da professora Marli Ribeiro, da Diretoria de Ensino Fundamental, a Subsecretaria de Educação Básica aprovou o programa Atitude nos termos do parecer n. 264/2019 do Conselho de Educação do Distrito Federal, baseado na “Pedagogia Alpha – Presença, Proximidade e Partida”, de autoria do professor da Universidade Católica de Brasília (UCB) Dr. Luiz Síveres, do Programa de Pós-Graduação em Educação.

Para a professora Marli Ribeiro, que foi orientanda do professor Síveres, no ano de 2019, a partir da Pedagogia Alpha foram partilhadas temáticas para o Ensino Fundamental nos anos iniciais e finais (permanência escolar, proficiência, projetos interventivos) com todas as 14 Coordenações Regionais de Ensino, atendendo diretamente mais de 1874 coordenadores de nível intermediário (coordenador da regional de ensino) e local (coordenador da escola).

“Em todas as vivências de acompanhamento, exercitamos a presença, tendo a ideia do estar junto, colocar-se à disposição, estabelecer vínculos. A proximidade se deu por meio da reflexão dos temas, dos estudos oportunizados, dados refletidos, e a partida foi indicada pela proposta de ação e reelaboração de ação, metas, e novas propostas aos problemas debatidos nos encontros. A avaliação das vivências constituídas, a partir da Pedagogia Alpha, é bastante promissora e espera-se, em 2020, atender 4500 estudantes no programa Atitude em todo DF”, destacou Marli Ribeiro.

“A defasagem escolar é uma das grandes batalhas que uma rede de educação deve enfrentar. O atraso escolar, a incompatibilidade entre idade e série/ano do estudante direcionam nossos estudantes para um caminho de reprovação, abandono e insucesso. É para o enfrentamento a essas situações que a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) apresenta o programa “Atitude: correção de fluxo escolar no DF – Possibilidades para continuar avançando”, aprovado pelo Conselho de Educação do DF. O programa tem a perspectiva de acolher estudantes em defasagem escolar, buscando romper com ciclos de exclusão e abandono”, destaca o subsecretário de Educação Básica do Distrito Federal, Helber Ricardo Viera.

O lançamento do Programa contou com professores, coordenadores e diretores, bem como de representantes da Secretaria de Educação, do MEC e do UNICEF. O professor Luiz Síveres foi convidado para fazer a palestra sobre o Projeto Alpha, destacando a relevância do programa Atitude estar pautado na dinâmica da presença, proximidade e partida.

Publicado por Universidade Católica de Brasília

Notícias Recentes

03 julho 2020
rof. Luiz Teixeira da Costa Nazareth é homenageado, in memoriam.
25 junho 2020
Programa Graduação Santander Universidades lança edital
05 junho 2020
XVII Semana Brasileira da Enfermagem da UCB