2020
abr
06
Novo Coronavírus

Crianças em casa. Como entretê-las durante a quarentena?

Com o isolamento social e a suspensão das aulas, as rotinas familiares mudaram. Quem tem crianças em casa enfrenta o desafio de tornar este momento necessário de isolamento social mais leve

O passo inicial é dialogar com as crianças (respeitando sua faixa etária) sobre o momento em que estamos vivendo. É importante lembrar que as crianças não estão alheias ao que está sendo noticiado e tem dúvidas, incertezas típicas da idade, que precisam ser conversadas em família. O diálogo pode diminuir, dessa forma, a ansiedade pelo isolamento e ajudar a tratar outras questões infantis que possam surgir, além de ser um momento para reforçar os hábitos de higiene tão necessários neste momento.

Os pais ou familiares podem fazer uso de histórias infantis disponíveis na internet ou experimentos simples, exemplificando, de forma prática, os métodos de prevenção. Você pode ver um exemplo aqui.

“Outro passo importante é, a partir das rotinas familiares, pensar e equilibrar atividades que a família possa realizar junta, tais como: assistir a bons filmes ou desenhos, jogar jogos de tabuleiro, fazer pinturas, oficinas de criar seus brinquedos com materiais recicláveis, ler e ouvir histórias ou assistir a vídeos ou lives de contação de histórias, fazer experimentos, brincar de caça ao tesouro em casa e momentos nos quais a criança possa inventar suas brincadeiras ou brinquedos sozinha ou na companhia dos irmãos. Se a escola estiver enviando atividades, é importante agregar na rotina o momento de estudos. Se os pais estiverem fazendo home office, é interessante simbolizar esse momento usando o crachá da empresa para que as crianças entendam que, no momento em que os pais estiverem de crachá, as crianças deverão fazer alguma atividade autônoma (de acordo com a idade da criança) escolhida pela família, tais como: pintura, montagem de quebra-cabeça, leitura de livros, brincadeira com massinha de modelar. É fundamental que haja combinados prévios com as crianças.  Prepare o ambiente onde as crianças farão as atividades de forma autônoma. Deixe almofadas confortáveis para a leitura, mesa e lápis de cor ou materiais de colagem em local que elas possam pegar, devolver e ajudar na organização”, explicou a professora do curso de Pedagogia da Universidade Católica de Brasília (UCB), Chris Alves.

A professora da UCB segue com mais dicas: “Separe receitas tradicionais e leve as crianças para cozinhar em família. Preparem a mesa de refeições ou um espaço especial para esse momento juntos. As crianças podem ajudar a organizar a mesa ou um pic nic de lanche na sala de estar, por exemplo. Ao levar as crianças para cozinhar em família, procure separar receitas e ingredientes previamente. Vocês podem registrar esse momento com fotos e vídeos, usando o celular”.

É importante pensar que as propostas compartilhadas neste texto podem ser aplicadas, respeitando as rotinas familiares. Se um dia não funcionar, não se desespere. Avalie com calma o que não funcionou, converse com a família e alinhe a rota. O importante é enfrentar este momento de isolamento social juntos!

Seguem alguns links que podem ajudar nas atividades familiares:

Receitas para fazer com as crianças na cozinha – https://www.panelinha.com.br/blog/pitadas/Crianca-na-cozinha-Com-estas-receitas-sim

Canal “Manual do Mundo”, com várias experiências – https://www.youtube.com/user/iberethenorio

Canal “Fafá conta histórias” com várias histórias infantis e lives – https://www.youtube.com/channel/UC9fxSdFjcz5QWDEhYCk_k1w

Canal “Carol Levy” – https://www.youtube.com/user/carolinavalelevy

Site “Desenhos para colorir” – http://www.pintarcolorir.com.br

Publicado por Universidade Católica de Brasília

Notícias Recentes

03 julho 2020
rof. Luiz Teixeira da Costa Nazareth é homenageado, in memoriam.
25 junho 2020
Programa Graduação Santander Universidades lança edital
05 junho 2020
XVII Semana Brasileira da Enfermagem da UCB