2019
set
24
Câmpus Taguatinga

Católica realiza campanha sobre o uso indevido das vagas prioritárias para pessoas com deficiência

Campanha da Universidade Católica de Brasília (UCB) “estaciona” cadeiras de rodas em vagas do estacionamento do Bloco M, do Câmpus Taguatinga, para conscientizar nossos estudantes, comunidade acadêmica e visitantes sobre o uso indevido das vagas prioritárias para pessoas com deficiência.

Infelizmente, vagas destinadas a idosos e pessoas com deficiência são utilizadas normalmente por quem não tem nenhum tipo de limitação física. Para alertar nossos estudantes, comunidade acadêmica e visitantes sobre o respeito às vagas especiais, o Serviço de Orientação Inclusiva (SOI) realizou, na manhã desta terça-feira (24/9), uma ação diferente de conscientização.

Como parte das comemorações ao dia 21 de setembro, que comemora o Dia da Luta da Pessoa com Deficiência, o SOI colocou cadeiras de rodas em vagas espalhadas pelo estacionamento do Bloco M. Nas cadeiras foram colocados cartazes com mensagens comumente utilizadas como desculpa por motoristas que insistem em estacionar nas vagas prioritárias: “É só um minutinho!”, “Volto já”, “É rapidinho”, “Ninguém vai reparar!”, “Estou atrasado, está vaga é mais próxima!”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que percebemos é que em muitos casos os motoristas têm a opção de parar em outras vagas, mas preferem estacionar na vaga destinada às pessoas com deficiência só pela comodidade e “facilidade”. O Serviço de Orientação inclusiva- SOI, em parceria com a empresa responsável pelo estacionamento da UCB, decidiu realizar essa ação devido aos inúmeros casos de reclamação recebidos, e também, para ajudar na conscientização sobre o uso indevido dessas vagas. A atividade interventiva ocorrerá até o dia 30 de setembro. Em cada dia as cadeiras de rodas ocuparão 5 vagas de cada estacionamento da UCB.

A ação também faz parte do convite para o II Encontro de Acessibilidade e Inclusão, Seminário institucional do PIBID e Residência Pedagógica, que acontecerá no dia 1º de outubro, a partir das 9h, no Câmpus Taguatinga e no dia 2 de outubro, a partir das 19h, nos Câmpus Ceilândia e Sobradinho. As inscrições são gratuitas, abertas à comunidade interna e externa e podem ser realizadas clicando aqui!

Quais são as penalidades para quem descumprir a lei?

A infração para quem estaciona em vagas para idosos e pessoas com deficiência passou de leve para infração gravíssima, podendo, portanto, render 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor e multa de R$293,47.

Um detalhe importante! Por força da Lei 13.281/2016, a infração também pode ser registrada em lugares privados, mas de uso coletivo. Portanto, fique atento!

Mas lembre-se: mais importante do que evitar uma infração é agir cordialmente. Repense suas ações e contribua para uma convivência mais segura e harmoniosa no trânsito e dentro da sua Universidade!

 

Por Maycon Oliveira.

Publicado por Maycon Jesus

Notícias Recentes

03 julho 2020
rof. Luiz Teixeira da Costa Nazareth é homenageado, in memoriam.
25 junho 2020
Programa Graduação Santander Universidades lança edital
05 junho 2020
XVII Semana Brasileira da Enfermagem da UCB