2019
ago
29
Fotos: Faiara Assis
Geral

Arcebispo de Brasília celebra missa em homenagem aos 45 anos da UCB

Celebração eucarística também homenageou os Fundadores das Associadas da União Brasileira de Educação Católica (UBEC), Mantenedora da Católica

O arcebispo de Brasília, cardeal Sérgio da Rocha, celebrou nesta quarta-feira (28), na Praça de Convivência do Bloco Central (Câmpus Taguatinga), uma Missa em Ação de Graças pelos 45 anos de fundação da Universidade Católica de Brasília (UCB). A celebração também homenageou os Fundadores das Associadas da União Brasileira de Educação Católica (UBEC), Mantenedora da Católica.

Marcaram presença na missa a Reitoria da UCB, autoridades políticas e religiosas, além de representantes do setor privado, sociedade civil, professores e estudantes. A celebração desta quarta-feira foi um dos momentos mais importantes da lista de eventos que estão sendo realizados com o intuito de comemorar os 45 anos da Instituição.

“É um momento para a Universidade celebrar, olhar para o passado com muita gratidão, viver o presente com paixão, como o papa Francisco diz, e olhar para o futuro com muita esperança”, resumiu o reitor da UCB, Prof. Dr. Ir. Jardelino Menegat.

O arcebispo de Brasília, cardeal Sérgio da Rocha, destacou a importância para a Igreja e o Distrito Federal contar com uma instituição de ensino superior com o tamanho e a história da UCB. “A Universidade Católica de Brasília é um grande presente de Deus para a sociedade, para o Distrito Federal, e de modo especial para a Igreja. É uma graça muito grande poder contar com Católica na Arquidiocese de Brasília. A Igreja sempre buscou ter um cuidado especial com a educação, com a formação das pessoas. E nós contamos com essa graça de ter a Universidade como instrumento valioso na educação e na formação humana. Agradeço a Deus e à Universidade Católica pelos serviços prestados ao longo destes 45 anos”, declarou o cardeal.

Presidente do Conselho de Administração da UBEC, o Pe. José Romualdo Degasperi falou sobre a importância da celebração. “Estamos celebrando 45 anos de uma Instituição que praticamente viveu toda a história do DF, da nossa capital. Lembra a memória, o presente, com o esforço para que esta Instituição seja perene, e também a profecia, o futuro que nós pretendemos dela. O significado mais profundo para a comunidade acadêmica são os caminhos que esta Instituição está procurando de inovação para responder de forma eficiente, com qualidade e excelência, todas a necessidades da sociedade”, destacou.

 

Missa

A abertura do evento ficou a cargo do reitor da UCB, que fez um resumo histórico dos 45 anos de Católica, agradeceu a todos que contribuíram para a construção da Universidade e destacou o Plano de Gestão UCB 2030. “Nele constam as grandes linhas de prioridades para os próximos anos e enfatiza que: A missão da UCB é transformar a pessoa e a sociedade por meio da produção e gestão do conhecimento, comprometida com os valores cristãos; sua visão de futuro está fundamentada no desejo de ser referência na excelência acadêmica e na geração do desenvolvimento sustentável; os valores estão fundamentados no Evangelho, destacando-se a ética, o respeito, a transparência, o acolhimento, a cooperação, o comprometimento, a inovação e a sustentabilidade”, detalhou.

Na sequência, o arcebispo de Brasília, cardeal Sérgio da Rocha, presidiu a missa e em seu sermão lembrou de Santo Agostinho. “Ouvimos a palavra de Deus proposta para esta celebração eucarística no dia em que celebramos um santo conhecido por ser pensador, filósofo e teólogo, que é Santo Agostinho. Um santo conhecido pela busca da verdade, do conhecimento e do amor. Ele é referência para todos nós e para o que a Universidade Católica nos ajuda a vivenciar. Nós que estamos, através do pensar, do ensino, da pesquisa, da reflexão, das aulas, certamente a buscar a verdade como Santo Agostinho buscou de maneira inquieta. Ele é um estímulo para que nós possamos cultivar essa busca da verdade, cujo o processo maior tem o seu cume em Deus”, disse o cardeal.

 

Mês dos Fundadores da UBEC

A Missa em Ação de Graças encerrou a programação do mês dos Fundadores das Associadas da UBEC: São João Batista de La Salle, São Gaspar Bertoni, São Marcelino Champagnat, São João Bosco, Santa Maria Mazarello e Josephus Conélius Marie de Man. Os carismas dos fundadores Lassalistas, Estigmatinos, Maristas, Salesianos, Irmãs Salesianas e Congregação os Padres do Trabalho motivam a Universidade a transformar a realidade de sua comunidade acadêmica, construindo vidas com protagonismo e com a marca do legado de cada fundador.

A missa desta quarta-feira foi um momento significativo para a comunidade, pois, além de fortalecer a comunhão e a parceria com a Igreja Católica, fez memória da caminhada da UCB no serviço de educação de qualidade e formação para o humanismo solidário, tendo em vista a construção de uma sociedade mais justa e solidária.

A celebração também consolidou os objetivos do Plano de Gestão da UCB 2030, no que se refere ao desenvolvimento de uma pastoralidade com responsabilidade socioeconômica, ambiental e cultural.

 

Novo espaço do Atende

Após a celebração eucarística, foi inaugurado pela Reitoria, na presença do arcebispo de Brasília, o novo espaço do Atendimento Estudantil (Atende), localizado na entrada do Bloco Central. Durante o discurso de inauguração, o reitor Prof. Dr. Ir. Jardelino Menegat lembrou o papa Francisco. “Ele fala muito de proximidade, de encontros. Este espaço que nós vamos inaugurar é para que nossos estudantes se sintam acolhidos, que tenham um espaço onde eles se encontrem e possam resolver situações da Instituição, situações pessoais. É um espaço novo onde queremos que eles [estudantes] se sintam bem”, destacou.

Publicado por Adson Boaventura

Notícias Recentes

20 setembro 2019
UCB participa da 15ª Semana da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular
19 setembro 2019
Perfil Estudante UCB: Reuel Gomes Pires
19 setembro 2019
Reitor e professores da UCB participam da VIII Conferência IUS América