<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=139791810308084&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
INSCREVA-SE!
icons-04

Grade curricular

Clique aqui

icons-01

Turno

Matutino e Noturno 

icons-03

Local de oferta

Taguatinga

A Tecnologia da Informação (TI) apresenta características singulares. Trata-se de uma área de conhecimento jovem, com pouco mais de 50 anos de existência, que vem experimentando crescimento e transformações em ritmo acelerado, ao longo desse período. Acompanhando os crescentes desenvolvimentos teóricos e tecnológicos da área, também as aplicações e atividades profissionais relacionadas à computação passam por rápida evolução e expansão, com reflexos profundos no perfil de conhecimentos e habilidades necessárias para a formação adequada dos profissionais de TI.

Atenta às características de uma sociedade pautada na informação e no conhecimento, buscando o alinhamento com as demandas dos novos postos de trabalho relacionados à Tecnologia da informação no Distrito Federal e no Brasil, a Universidade Católica de Brasília cria em 2018 o curso de Engenharia de Software.

O curso de Engenharia de Software da Universidade Católica de Brasília está voltado à especificação, desenvolvimento e manutenção de sistemas de software, aplicando tecnologias e práticas de ciência da computação, do desenvolvimento de sistemas, da gestão de TI e de outras áreas de conhecimento, necessárias à organização, à produtividade e à qualidade na engenharia de software. Essas tecnologias e práticas englobam linguagens de programação, bases de dados, ferramentas, plataformas, bibliotecas, padrões e processos, oferecendo mecanismos para planejar e gerenciar o processo de desenvolvimento de software.

Os fundamentos científicos para a Engenharia de Software envolvem o uso de modelos abstratos e precisos que permitem ao engenheiro especificar, projetar, implem formação de egressos no atendimento às necessidades do mercado de trabalho corrente. Entende-se que, para melhorar a eficiência gerencial, os Sistemas de Informação e softwares disponibilizados às organizações devem ser integrados e projetados para antecipar as incertezas do futuro, em um ambiente dinâmico, que inclui, além dos seus clientes e desenvolvedores, o relacionamento com outras organizações como: clientes (com finalidade comercial ou social), fornecedores, competidores, agências de regulamentação, entre outros.

Diferenciais Competitivos do Curso

O curso de Engenharia de Software possui um desenho pedagógico centrado no estudante, com ênfase na interação qualitativa, o que resulta em um desenvolvimento integrado e harmônico entre todos os atores do processo educativo. Além disso, o curso promove a auto-organização do educando, estimulando a busca autônoma pela informação e o compartilhamento do conhecimento em grupo, incentivando uma aprendizagem baseada no aprender a conhecer, a fazer, a ser e a conviver.

Trata-se de um curso que respeita a diversidade, assim como as diferentes características e aptidões do educando, primando pela qualidade no ensino, pelo fomento à pesquisa e às atividades de extensão, pelo estímulo à autonomia, pela participação cooperativa e pela utilização das novas tecnologias de informação e comunicação. Baseado nesse perfil, o curso de Engenharia de Software da Universidade Católica de Brasília possui os seguintes diferenciais:  

  • Abordagem de conteúdos teóricos e práticos que vão desde a especificação, análise, desenvolvimento, design, testes, manutenção e avaliação de software, abarcando todo o ciclo de vida de um produto de software, essencial na formação do Engenheiro de Software;
  • Totalmente aderente ao SWEBOK (Guide to the Software Engineering Body of Knowledge), atualmente considerado a principal referência em Engenharia de Software. Essa aderência confere ao curso disciplinas inovadoras e aderentes à nomenclatura do SWEBOK, possibilitando aos estudantes, ainda no decorrer do curso, projetarem e desenvolverem protótipos e sistemas, com qualidade profissional, utilizando metodologias, técnicas e ferramentas profissionais, com segurança e confiabilidade;
  • Estudantes são formados nas principais linguagens de programação adotadas no mercado (C e Java), trabalhando em interfaces de desenvolvimento para: desktop, WEB e APPs; Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados; softwares para design de interfaces; modelagem de processos, entre vários outros, sempre voltados para as tecnologias de ponta;
  • Sólida base na área de computação, considerando os currículos de referência propostos pela SBC (Sociedade Brasileira de Computação) e pelo IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) e ACM (Association for Computing Machinery);
  • Robusto eixo programação, que visa preparar o aluno para ingresso no mercado de trabalho com sólidos conhecimentos das tecnologias de ponta, incluindo as mais recentes tecnologias de programação APP (desenvolvimento para celulares e outros dispositivos móveis), visto como um crescente mercado profissional e carente de bons profissionais;
  • Eixo de Engenharia de Software que contempla, além de metodologias e técnicas consagradas no mercado trabalho, também metodologias inovadoras como SCRUM e XP, com grande visibilidade e aceitação;
  • Formação de cidadãos, regidos pelos princípios e valores da missão da UCB, buscando, além da formação profissional voltada ao mercado de trabalho, atender também às demandas e necessidades da sociedade, que cada vez mais exige cidadãos bem informados, éticos, atualizados e abertos à educação continuada. Para tanto, o curso oferece possibilidades de vivenciar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão na busca e desenvolvimento do conhecimento, promovendo a participação em projetos tais como núcleos de estudos, núcleos de programação, projetos sociais, disciplinas comunitárias, atividades de iniciação científica e monitoria, dentre outros, que permitem ao estudante interagir com a comunidade, ajudando a transformá-la e sendo por ela transformado;
  • Corpo docente híbrido, composto professores com excelente experiência profissional de mercado, nas áreas de Engenharia de Softwares e de Sistemas de informação, além de professores dedicados exclusivamente ao magistério, com atuação em pesquisa e extensão, em sua maioria composta por doutores e mestres;
  • Estágio Supervisionado, possibilitando que os estudantes conheçam, previamente, o ambiente onde iniciarão a sua profissionalização. O Estágio Supervisionado constitui-se de componente curricular obrigatório do curso.  
  • Atividades complementares, como componentes curriculares que têm como objetivo principal enriquecer e expandir o perfil do egresso com atividades que privilegiem aspectos diversos da sua formação, incluindo atividades desenvolvidas fora do ambiente acadêmico. Tais atividades constituem instrumental importante para o desenvolvimento pleno do estudante, servindo de estímulo a uma formação prática independente e interdisciplinar, sobretudo nas relações com o mundo do trabalho;
  • Disciplinas à distância, nos termos da PORTARIA Nº 1.134, DE 10 DE OUTUBRO DE 2016, permitindo flexibilidade a um estudante cada vez mais exigente de novas tecnologias voltadas à comunicação. Além de disciplinas à distância, toda disciplina presencial possui uma sala virtual para apoio à disciplina presencial onde o professor conta com uma série de ferramentas para apoiar o processo de aprendizagem, como repositório de conteúdos, fóruns, avaliações, enquetes, área de envio de atividades com ferramenta contra plágio, etc.
  • Infraestrutura universitária, que possibilita ao curso uma estrutura física composta por laboratórios de programação, desenvolvimento de sistemas, redes de computadores, arquitetura de computadores, biblioteca com acervo específico e atualizado constituído por inúmeras obras de todas as áreas do conhecimento, além de espaços específicos, processos e procedimentos voltados especificamente para a realização de pesquisa e extensão;
  • Polo de computação, constituídos pelos demais cursos da área de computação ofertados pela Universidade Católica de Brasília: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas presencial e virtual, Tecnológico em Gestão de Tecnologia da Informação presencial e virtual, Tecnológico em Redes de Computadores presencial, Tecnológico em Segurança da Informação virtual e Bacharelado em Ciência da Computação presencial, mestrado em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação e demais cursos de especialização na área. Este ambiente permite ao estudante uma vivência mais abrangente da área.

Saiba mais!

Se ainda precisa de mais informações para tomar a sua decisão, deixe o seu contato que lhe enviaremos um material com tudo o que você precisa saber sobre a Universidade Católica de Brasília.